16 Abr 2014

   
O que é o Coração
Prof. Dr. Adib Jatene & Colaboradores
 

O coração normal é um músculo forte que funciona como uma bomba de ejeção contínua. Sua função é ejetar o sangue para o sistema circulatório. O coração normal de uma pessoa de 25 anos pesa em média 300 gramas , faz circular 5,5 litros por minuto e realiza mais de 100.000 batimentos por dia.
O sistema circulatório é uma rede de tubos elásticos que permitem o sangue fluir dentro do nosso corpo. É formado pelo coração, pulmões , artérias de diferentes calibres e capilares (vasos microscópicos ). Esses vasos sanguineos carregam o oxigênio e os nutrientes do sangue para todas as partes do nosso organismo. Esse sistema inclui também veias de diferentes calibres que levam de volta o sangue já depurado de oxigênio e de seus nutrientes de volta para o coração e em seguida ao pulmão (como se fosse uma drenagem). Essa rede é tão extensa que daria duas voltas em torno da terra. A circulação do sangue traz o oxigênio e os nutrientes a todas as células , aos tecidos e aos orgãos inclusive ao próprio coração, assim como recolhe os detritos dessas mesmas células que serão filtrados nos rins , fígado e pulmões .

O funcionamento do coração como bomba
O coração bombeia o sangue para os pulmões e para os outros orgãos do nosso organismo por causa de uma sequência bem organizada de contrações das quatro câmaras . Essa sequência é comandada por um estímulo elétrico, que se move através dos músculos por uma via nervosa. Esse estímulo nasce num conjunto de células especializadas localizadas no átrio direito (nó sinusal) e segue uma via nervosa que se bifurca posteriormente em dois ramos direito e esquerdo. A descarga elétrica desse marcapasso natural, leva à contração sequêncial do músculo cardíaco numa frequência natural porém, reações emocionais e fatores hormonais podem afetarem essa frequência de descargas . Isso permite que nosso coração se adapta e responda para as variadas demandas de fluxo.

As estruturas do Coração
O miocárdio é o músculo que forma as paredes do coração. Sua contração leva a ejeção do sangue pelos vasos e seu relaxamento facilita seu enchimento novamente. Sua superfície externa chama-se epicárdio e sua face interior endocárdio.
O coração é formado por quatro câmaras , nas quais o sangue flui e é bombeado. As câmaras superiores formam os átrios direito e esquerdo e as inferiores formam os ventriculos direito e esquerdo. Há quatro válvulas que abrem e fecham de forma harmônica, fazendo o sangue fluir numa única direção toda vez que haja uma contração do músculo cardíaco. Essas válvulas s ão:

· A válvula tricúspide, localizada entre o átrio direito e o ventrículo direito
· A válvula pulmonar, entre o ventrículo direito e a artéria pulmonar
· A válvula mitral, entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo
· A válvula aórtica, entre o ventrículo esquerdo e a aorta. Cada válvula é formada por folhetos chamados cúspides .

A válvula mitral tem dois folhetos , as outras três . Em condições normais , essas válvulas permitem que o sangue flui numa única direção. Esse fluxo acontece somente quando há uma diferença de press ão entre as válvulas e é o motivo de abertura e fechamento delas .

O sistema circulatório
O sistema circulatório é formado pelo coração e os vasos sanguíneos . O coração bombeia o sangue rico em oxigênio através das artérias para todo nosso organismo. As veias são os vasos respons áveis pela drenagem de volta ao coração. As artérias e as veias são conectadas através de finos vasos chamados capilares . Isso é chamado de sistema circulatório. As câmaras direitas do coração recebem o sangue depurado de oxigênio através das veias cavas superior e inferior. Esse sangue é enviado aos pulmões onde acontece a troca gasosa que retira o dióxido de carbono e o enriquece de novo com oxigênio. Esse novo sangue retorna às câmaras esquerdas do coração através das veias pulmonares e é novamente bombeado através da aorta para nutrir os orgões de nosso organismo.

Circulação colateral
A circulação colateral é um processo no qual pequenas artérias , normalmente fechadas , se abrem e conectam grandes vasos ou certos ramos deles . Isso serve como uma alternativa limitada ao suprimento de sangue. Todas as pessoas possuem essa circulação colateral, ao menos à nível microscópico porém estão mais desenvolvidas ou alargadas em pessoas com problemas cardíacos e vasculares . A presença desses vasos é uma alternativa natural de solucionar a falta de oxigênio em certos tecidos porém nem sempre com a maior eficiência necess ária.

 
Copyright © 2001-2014
Textos com reprodução autorizada
desde que citada a fonte

Quem somos  |  Nosso Staff Médico  |  Pesquisa de Opinião  |  Monitoramento via Web
Editorial da semana  |  Conteúdo em destaque  |  Notícia em foco  |  Ponto de vista