Tele Consulta

Portaria numero 467 de 20 de março de 2020

Art. 2º As ações de Telemedicina de interação à distância podem contemplar o atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico, por meio de tecnologia da informação e comunicação, no âmbito do SUS, bem como na saúde suplementar e privada.

Resolução do Conselho Federal de Medicina numero 2.227/2018*

*Revogada para novas propostas e reedição

Art. 4º - A teleconsulta é a consulta médica remota, mediada por tecnologias, com médico e paciente localizados em diferentes espaços geográficos.

§ 1º - A teleconsulta subentende como premissa obrigatória o prévio estabelecimento de uma relação presencial entre médico e paciente.
§ 2º - Nos atendimentos por longo tempo ou de doenças crônicas, é recomendado consulta presencial em intervalos não superiores a 120 dias.
§ 3º - O estabelecimento de relação médico - paciente de modo virtual é permitido para cobertura assistencial em áreas geograficamente remotas, desde que existam as condições físicas e técnicas recomendadas e profissional de saúde.
§ 4º - O teleatendimento deve ser devidamente consentido pelo paciente ou seu representante legal e realizado por livre decisão e sob responsabilidade profissional do médico.
§ 5º - Em caso de participação de outros profissionais de saúde, estes devem receber treinamento adequado, sob responsabilidade do médico pessoa física ou do diretor técnico da empresa intermediadora.
 

É necessário que o Médico e o Paciente já tivessem contato presencial anterior

É realizado pelo Brasilmedicina, por via escrita ou via Software próprio

acessando na página principal a especialidade/segmento --> Telemedicina ou pelo Grupo de Doenças o tipo de Telemedicina.

Contate nos para retorno por WhatsApp 11.99372-3340 ou e-mail [email protected]

 
Brasilmedicina - uma empresa inovadora
Rua Lituânia, 235 - 1º andar - Alto da Mooca - 03184-020
São Paulo, SP - Copyright © 2001-2020